Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação
Libras
Mapa do Site

Joinville, terça-feira, 06 de dezembro de 2022 Telefone (47) 3423-1900

Atendimento Atendimento: De Segunda a Sexta das 8:00 às 14:00 Horas

Terç
06/12
Chuva
Máx 27 °C
Min 21 °C
Índice UV
14.0
Quar
07/12
Parcialmente Nublado
Máx 29 °C
Min 21 °C
Índice UV
14.0
Quin
08/12
Parcialmente Nublado
Máx 28 °C
Min 19 °C
Índice UV
14.0
Sext
09/12
Parcialmente Nublado
Máx 31 °C
Min 19 °C
Índice UV
14.0

Qualidade de Vida - Quinta-feira, 27 de Outubro de 2022

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Servidora do gabinete por 25 anos, Angelina Munhoz acompanhou mudanças importantes em Joinville

Nossos Talentos


Servidora do gabinete por 25 anos, Angelina Munhoz acompanhou mudanças importantes em Joinville

     Angelina Bertoli Munhoz tem 87 anos, se aposentou há mais de três décadas e tem muita história para contar. Ela começou a trabalhar no gabinete da Prefeitura no ano de 1958, ainda muito jovem, aos 23 anos. Por lá ficou se manteve por 25 anos. Acompanhou a gestão de vários prefeitos e foi testemunha de mudanças importantes em Joinville. 

      Recém-casada em 1958, Angelina era secretária no Colégio Bom Jesus quando recebeu uma proposta do prefeito Baltasar Buschle para substituir, por quatro meses, uma funcionária que sairia de licença-prêmio. Aceitou o convite e se transferiu para o prédio da Prefeitura, onde passou a trabalhar como Auxiliar Administrativo. “Fui para trabalhar quatro meses e fiquei mais de 20 anos”, conta Angelina.

     Nesse tempo, a Prefeitura ficava em um prédio na esquina da atual Rua Padre Carlos com a Avenida Juscelino Kubitscheck (onde hoje fica um camelódromo). Angelina conta que todos os serviços e secretarias eram centralizados ali. “Até a garagem da Prefeitura funcionava ali. Na época não havia carros, só jipes e caminhões”, revela. 

     Angelina também guarda na lembrança histórias inusitadas do dia a dia de trabalho. Como a do funcionário que chegou no prédio para dizer à secretária de Educação da época que havia acontecido um “curto” na escola. Ela, preocupada, quis saber como isso aconteceu e se alguém tinha se machucado. Ao que o funcionário esclarece: “Não, aconteceu um “curto” evangélico”. 

     Naquele tempo não havia muitos equipamentos para ajudar no trabalho. Ela foi a primeira servidora a trabalhar com uma máquina de escrever elétrica. E conta outro fato interessante: na época, foram oferecer uma calculadora para o contador e ele recusou, dizendo que não havia tomada na sala. 

     Dentre os casos engraçados e curiosos, Angelina é testemunha ocular de muitas mudanças importantes que ocorreram em Joinville, como a abertura da Rua dos Espinheiros feita pelo prefeito Helmuth Ernesto Fallgater, na década de 1960. “Lá era só lama e ele foi muito criticado. Inicialmente ele começou a vender os lotes para nós, funcionários. Me ofereceu vários, eu não quis e olha como está o Espinheiros hoje”, fala, divertida.

     Outro acontecimento marcante em Joinville foi a abertura da Avenida Juscelino Kubitscheck, na gestão de Pedro Ivo Campos, prefeito entre 1973 e 1977. A via foi motivo de muitas briga e discussões, já que vários imóveis tiveram que ser desapropriados e demolidos, entre eles o prédio da escola do Pe. Carlos, que também foi sede da Prefeitura, e a escola paroquial, que ficava na frente do atual Colégios dos Santos Anjos. Apesar dos desentendimentos, a avenida foi aberta e inaugurada em 09/03/1976, no aniversário de 125 anos de Joinville. 

     Angelina reforça ter muitas saudades daquele tempo e se lembra, também, de que no dia do funcionário público a Prefeitura dava um almoço de presente aos servidores, em um restaurante. “Depois do almoço, nós, mulheres, nos reuníamos na casa de uma das servidoras e passávamos a tarde inteira conversando”, relembra. 

     A aposentada guarda boas lembranças do trabalho, que era tranquilo em uma Joinville com cerca de 70 mil habitantes. “Todas as pessoas se conheciam, tenho saudade da nossa união, um estava sempre pronto a ajudar o outro em caso de necessidade”, lembra. “Tenho muitas saudades”, encerra. 

FacebookTwitterWhatsAppImprimir

1 Visualização

Voltar para a listagem de notícias

Ipreville, 25 anos.

CALENDÁRIO DE EVENTOS

ACOMPANHE-NOS

HORÁRIO DE ATENDIMENTO:

De Segunda a Sexta das 8:00 às 14:00 Horas

SIGA NAS REDES SOCIAIS

Facebook

CONTATO

Praça Nereu Ramos, 372
Centro
Joinville - SC
CEP: 89201-170
Telefone: (47) 3423-1900
E-mail: presidente@ipreville.sc.gov.br
Simulação de aposentadoria:
atendimento@ipreville.sc.gov.br

Ver Localização
Programa Nacional de Prevenção à Corrupção

Versão do sistema: 2.0.0 - 01/12/2022

Portal atualizado em: 06/12/2022 17:11:20

Instituto de Previdência de Joinville - SC.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.